História

Lugar de Amar a Deus e Amar Pessoas

Ebenézer é uma das palavras que melhor expressam o sentimento e a convicção que existe dentro de nós nestes anos de ministério da Igreja Evangélica Nova Aliança. Ebenézer, na Bíblia, significa pedra de ajuda ou da ajuda. A palavra do Senhor em I Samuel 7:2-12 diz que o juiz Samuel, que liderava Israel naquela época, convocou o povo a jejuar e confessar para que o próprio Samuel intercedesse por eles a Deus afim de que vencessem os Filisteus. Depois da vitória que Deus deu aos israelitas, Samuel levantou uma pedra como coluna e lhe deu o nome de Ebenézer dizendo: “Até aqui o Senhor nos ajudou”.

A Igreja Evangélica Nova Aliança nasceu formalmente há dez anos, precisamente em julho de 2005. Os seus primeiros participantes, na sua maioria, foram provenientes junto com os pastores Raimundo Nonato e Maria de Jesus da Igreja Batista. Mas, em pouco tempo, Deus nos trouxe a direção do nome evangélica e compreendemos que era um nome mais abrangente e expressaria melhor o que estávamos crendo e o que éramos como Igreja. A partir de agosto de 2005, continuamos o processo de amadurecimento do sistema de Igreja em células assim como a busca pelos dons e manifestações do Espírito Santo com muita intensidade e muita ênfase no amor, perdão e em buscar o caráter de Cristo como estilo de vida. Foi um tempo de muitas subidas aos montes, uma fome por Deus e por tudo que podíamos ter Dele.

Durante os dois primeiros anos, não tínhamos nem hora nem lugar para orarmos, adorarmos e falarmos das maravilhas Deus. Foi um período que Deus operou muitas curas físicas, trouxe muitas visões, revelações, discernimento e direcionamento, muitas vidas foram restauradas em todos os sentidos, muito jejum e quebrantamento, éramos literalmente desesperados por Deus. Houve muitos acertos por causa da busca e também erros pela pouca sabedoria, mas Deus, na sua infinita graça e misericórdia, foi generoso abençoando e nos dando crescimento e suprimento. A “pedra de ajuda” não nos faltou, apesar de que éramos meninos na época, o nosso Pai foi fiel e presente.

Neste período ainda, conhecemos a ferramenta do “Encontro com Deus” através da Igreja da Reconciliação em Brasília, que muitos nos abençoou. Foram muitas idas e vindas, tanto deles quanto nossa. Mas, a partir daí, entramos em um novo mover de tratamento em relação ao caráter, cura da alma e evangelismo, aprofundando mais ainda o nosso amor pelos que ainda não tinham passado pela experiência de novo nascimento, assim como pessoas afastadas da igreja. Com a experiência que a maioria dos lideres da igreja já tinham em libertação, o encontro foi alterado naquilo que sentimos e continua sendo uma benção para edificação e salvação de vidas. Desde o inicio da Nova Aliança, Deus nos impulsionou a plantar novas igrejas e hoje estamos em quatro estados (Maranhão, Tocantins Pará e Pernambuco), fazendo um total de 21 cidades alcançadas. Somos filiados a MCM (Missão Cristã Mundial) com a qual temos parceria para implantação de igrejas nas nações, resgate e recuperação de meninas vendidas para a prostituição e ajudamos a sustentar missionários e órfãos no Sudão e na Somália. Participamos ainda do sustento de duas famílias de missionários: uma na Inglaterra e outra na Albânia. Temos dois casais de missionário enviados pela Nova Aliança a Moçambique, África.

Hoje, somos uma Igreja buscando a cada dia estar no centro da vontade Deus, desejando agradar ao Pai e a cumprirmos todos os propósitos que Ele tem para nós. Caminhamos para a meta de alcançarmos mais pessoas para o Reino.

Creio no Senhor, que os valores do inicio do reavivamento não vão morrer nessa geração, se o Senhor não vier. A chama do avivamento vai incendiar Imperatriz, o Maranhão e as Nações da terra para a glória do Pai.

Em Amor, Prs. Raimundo Nonato e Maria de Jesus